Projetos de Reabilitação de Edifícios Históricos

Numa primeira fase reconhecemos os valores do edifício histórico, de forma a preservarmos o valor arquitetónico do edifício. E, através de um processo de análise, efetuamos escolhas de quais os elementos a manter e preservar. Sejam estes traços do edifício, materiais, divisórias ou cores.

Esta escolha determina que haja coerência entre o edifício existente e a nova função que lhe é atribuída. O foco é tirar o maior partido possível da pré-existência para a criação de um projeto que vise um edifício com a maior qualidade possível ao ser experienciado pelo seu utilizador.

Quando falamos de uma reabilitação de um edifício histórico estamos a ter em conta a reformulação das necessidades do espaço. É importante decidir que elementos queremos conservar e quais os que temos legalmente que respeitar, de forma a manter o seu valor histórico, mas que este se faça útil às necessidades do utilizador.

Conservamos a história e damos-lhe a sua continuidade.